Segurança

Governo de Pernambuco promete reforço policial no São João

Segundo a SDS, Bombeiros, Polícias Militar, Civil e Científica contarão com mais de 30 mil postos de trabalho

Autoridades de segurança planejam ações para o São João
Divulgação/SDS | Autoridades de segurança planejam ações para o São João

A segurança deverá ser reforçada durante o São João em Pernambuco. É o que prometeu o Governo do Estado nesta quarta-feira (13/06), através da Secretaria de Defesa Social (SDS), em entrevista coletiva que mostrou todos os detalhes da Operação São João 2018.

A operação se prolongará até o final do mês, com a ativação de 30.098 postos de trabalho das Polícias Militar, Civil e Científica, além Corpo de Bombeiros Militar. O efetivo aumentou em 22% em relação ao período junino empregado em 2017.

O Incremento promovido no policiamento encontra-se presente do litoral ao sertão, com atenção especialmente voltada para os polos juninos, a exemplo de Caruaru, Limoeiro, Gravatá, Arcoverde e Petrolina, além da capital pernambucana. O esquema especial de segurança teve seu início desde o dia 1° de junho e prossegue até o dia 1° de julho. De acordo com a SDS, quando as festividades juninas atingirem o seu ponto mais alto, nos dias 22, 23 e 24 de junho, as escalas de trabalho estarão mais fortalecidas por todo o estado de Pernambuco.

“Todo o efetivo das operativas da Secretaria de Defesa Social estará empenhado para a segurança do São João. Os agentes de segurança estarão distribuídos nos dias de evento em todas as regiões do Estado, para que tenhamos o evento mais seguro dos últimos anos. Pernambucanos e turistas poderão curtir o São João de forma tranquila”, comentou o secretário executivo de Defesa Social, Humberto Freire.

Somente a Polícia Militar de Pernambuco ativou 22.478 escalas de plantão para o período completo da Operação São João.  Apenas para os dias 22, 23 e 24 de junho, são 6.211 postos de trabalhos mobilizados. As equipes de policiamento ostensivo estarão distribuídas nos focos de animação, em viaturas de quatro rodas, motocicletas, a cavalo e a pé.

Entre as ações da SDS, nos três principais dias de festejos juninos - 22, 23 e 24 de junho -, o efetivo empregado será de 9.938 pontos de trabalho. De 25 de junho a 1° de julho, no chamado Pós-São João, haverá 7.172 escalas preenchidas.

Delegacias Móveis – Com o objetivo de agilizar o registro das ocorrências durante o período junino, A Polícia Civil de Pernambuco montou delegacias móveis em pontos estratégicos e lança mão, no total, de 4.186 profissionais. Em Caruaru, no Agreste, a delegacia móvel e uma Central de Registro já estão lavrando flagrantes e expedindo boletins de ocorrência e TCOs no Pátio de Eventos Luiz Gonzaga. O Alto do Moura conta, igualmente, com delegacia nos dias de evento. Na véspera e no dia de São João (23 e 24/06), a Feira de Caruaru receberá uma equipe da Delegacia Móvel.
Também foram destacadas Delegacias Móveis da Polícia Civil para o Sítio da Trindade (Recife), Gravatá, Petrolina e Araripina. Casos de maior potencial ofensivo serão encaminhados para as Delegacias de Plantão de cada localidade ou, no caso do Recife, para a Central de Flagrantes da Capital.

CORPO DE BOMBEIROS – As equipes do Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco (CBMPE) atuam com 3.193 postos de trabalho em junho, a fim de garantir a segurança do público nos eventos. Grande parte do efetivo realiza a pronta resposta a ocorrência de incêndios, salvamento e atendimento pré-hospitalar em vias e logradouros públicos. 

Mesmo antes do início dos festejos juninos, o CBMPE deu início às operações, com análise de projetos e vistorias de regularização de palcos, camarotes, festividades e eventos juninos temporários. Especificamente para esses serviços, foram implementados 452 postos de trabalho da corporação.

POLÍCIA CIENTÍFICA – O efetivo extra da Polícia Científica conta com 181 servidores. Equipes estarão presentes em Caruaru, no Juizado do Forró, localizado no Pavilhão Espaço Cultura, dentro do Palco de Eventos Luiz Gonzaga. São realizadas perícias traumatológica e de drogas, identificação civil e criminal em relação às ocorrências de crimes de menor potencial ofensivo registradas no Juizado. Em Arcoverde e Petrolina, as unidades efetuarão perícias para subsidiar as investigações policiais, atuando em regime de plantão.

CORREGEDORIA – Já a Corregedoria Geral da SDS circulará com equipes do Grupo Tático para Assuntos Correcionais (GTAC), realizando inspeções sobre a atuação das operativas da SDS durante o período junino. As inspeções ocorrem na capital, RMR e interior. Ao mesmo tempo, a Corregedoria estará aberta para receber denúncias na sua sede, localizada na Avenida Conde da Boa Vista, 428, Recife.

MONITORAMENTO – O Centro Integrado de Comando e Controle Regional da SDS (CICCR) concentrará as informações estratégicas para a Operação São João, auxiliando os gestores na tomada de decisões. Além de receber informações das equipes nas ruas, o CICCR terá o subsídio da plataforma de Observação Elevada (POE), instalada em Caruaru. A estação possui 14 câmeras de longo alcance e abrangência de 360°. Elas captam imagens para apoiar policiais de serviço no combate à criminalidade e na manutenção da ordem nos locais festivos, garantindo a tranquilidade da população.

Por Danda Morais

Comentários