Durante a festa, vítimas procuraram o hospital por causa das perfurações

18 pessoas reclamam de agulhadas durante o São João de Campina Grande

Segundo o diretor do hospital, a recomendação é que as vítimas tomem o coquetel pós exposição por 28 dias e a realizem a imunização de Hepatite B

por Estudantes

O Diretor Geral do Hospital de Emergência e Trauma da Paraíba, Geraldo Medeiros, confirmou que 18 pessoas procuraram o hospital após terem sido perfuradas com agulhas, no Parque do Povo, durante o São João de Campina Grande.

A Secretaria de Defesa Social informa que só uma pessoa foi registrar a ocorrência na Polícia Civil, o que dificulta a investigação. A polícia somente foi notificada pelo hospital.

Não tem como saber se agulhas estavam contaminadas, mas segundo o diretor do hospital, a recomendação é que as vítimas tomem o coquetel pós exposição por 28 dias e a realizem a imunização contra a Hepatite B.

De acordo com o portal G1, Cláudio Lima, secretário de Defesa Social da Paraíba, disse que a polícia irá juntar reforços para garantir a segurança da população e que a empresa Aliança, responsável pelo evento, disse em nota que está trabalhando com a polícia para investigar os casos.

por Cecília Araújo

Comentários