Clicky

Trabalho • 25/06/2017 - 12:01 •

Catador ganha R$ 23 por noite no São João de Caruaru

por Taciana Carvalho
Foto: Taciana Carvalho/LeiaJáImagens
Em todas as grandes festividades, o cenário encontrado é o mesmo, o que não seria diferente durante os festejos juninos. De um lado, a alegria, restaurantes lotados e filas grandes nas barracas típicas que requer paciência para quem quiser comprar algo. Do outro, pessoas que aproveitam a ocasião das grandes festas para aumentar um pouco sua renda.
 
Pessoas como Juarez da Silva, 54 anos, catador de latinha “desde que se lembra”, palavras dele. Ontem (24), no Alto do Moura, bairro localizado no município de Caruaru, em meio ao pequeno espaço para andar por terem sido tomadas por quem ali foi aproveitar o dia e a noite, seu Juarez se abaixava pedindo permissão a um e a outro, passando despercebido na maioria das vezes enquanto tentava pegar o maior número de latinhas possíveis.
 
Juarez, em conversa com o LeiaJá, contou que consegue, em “dias desse jeito”, se referindo aos dias atípicos do São João, arrecadar 23 reais por noite com a venda das latinhas. 
De acordo com ele, o quilo da latinha é vendido a três reais. A resposta exata do valor que ganha também foi a mesma quando questionado se a quantia não era pequena diante do tamanho do trabalho.
 
Caso trabalhasse durante o mês inteiro de festas, tiraria em torno de R$ 690 reais. “Eu aprendi que não se deve fazer nada de errado. Então, trabalho para ter as minhas coisas e para ajudar a minha mãe, eu faço isso. Tem que trabalhar”, disse em um tom baixo e tímido, porém firme na certeza de que sabia o que estava falando. 
Do dinheiro da festa de São João, o catador diz que compra “feijão e farinha”. “Moro no Alto do Moura, naquelas casinhas de lá. Moro eu e a minha mãe. Daqui a pouco e vou para lá ficar com ela”, contou ao se despedir.

Comentários